terça-feira, 29 de março de 2011

Pri e eu: uma relação de amor é ódio!

Não tem jeito. Podemos passar um feriado inteiro juntas, de pernas pra cima, posso satisfazer todas as suas vontades e, ainda assim, nunca é o suficiente.
Quando chega a segunda-feira, lá está a Pri, pendurada no meu pescoço de novo e, eu com o peso dela nos ombros, vou me arrastando para o trabalho.

Eu gosto dela, de verdade. Ela é a única que me conhece bem o suficiente a ponto de saber que eu detesto acordar cedo, que prefiro almoçar no trabalho para evitar a fadiga do deslocamento e, definitivamente, não existe companhia melhor no mundo para se ter num domingo a tarde.

Mas, o fato é que nossa relação é doentia, muitas vezes me sinto prejudicada...
Por causa dela eu já perdi ônibus, prazos, festas, já levei algumas broncas e serviço para fazer em casa. Quando isso acontece meu amor se transforma em ódio, esqueço os apelidos carinhosos e falo sério:

- Sai de mim, "Priguiça"!

Óbvio que não sou obedecida até por que, ela é surda. Só quando me acompanha até o banheiro e toma um banho frio é que me dá um tempo. Depois disso, fica tudo mais fácil, meu rendimento, em qualquer tarefa melhora tanto que nem vejo que já é hora do almoço!

Ah! O almoço! Só tem um horário em que ela gosta mais de me visitar do que após o almoço, de manhã cedinho quando o celular desperta.
Termino de almoçar e lá vem ela novamente, toda gostosa, com a proposta indecente de me levar para a cama e, o pior pecado é aquele que não produz arrependimento.

Eu sempre vou. Nem faço charme ou banco a difícil. Ela me chama uma vez e caio em tentação, rolamos de um lado para o outro e, lá estou eu, sem culpa, de volta ao círculo vicioso e a esse amor bandido.











4 comentários:

Carmen Martins disse...

Oi Ti! obrigada pela visita e comentário lá no Achados de Moda. Adorei ;)
bjs
Carmen

Elisregina disse...

Aahahahaha, essa Pri...ela tb me adora, danadinha! rs.

Mas ja desisti de me livrar dela. Essa convivência vai ser bem looonga. Assim espero!!

Adorei o texto!

Patricia disse...

Ahuahuahuhahhau... Muito bom, Ti!!!!
Tenho que te contar uma coisa, ela tb me ama...mas ama muito!!!

bjssss

Bella Vita disse...

Adorei Vasti, adorei mesmo. Essa Pri não me larga também...rs

Adoro ler os seus textos...

Beijos :)