sexta-feira, 18 de março de 2011

Alimentando o vício



Em janeiro eu estive na África do Sul. Pois é, eu sei...Nem escrevi sobre isso, mas irei, podem acreditar. Assim que a "Pri" sair de cima de mim, eu conto a experiência.

Eu bem que tentei resistir às tentações do consumismo, mas foi mais forte do que eu. Trouxe algumas frescurinhas para casa o que, claro me deixou mais pobre porém mais feliz por enriquecer a coleção do meu vício - objetos de decoração.

Essas três estatuetas moldadas em ébano (uma madeira nobre) representam nativos de uma tribo africana. Lógicoooo que eu não me lembro o nome da tribo. Sorry...

No detalhe aí ao lado, um dos dois corações que coloquei nos ganchos da cozinha. 
Explico: esses ganchos não estavam aí esperando por uma peça de decoração. Eles eram simplesmente utilitários, já que minha mesa pode ser embutida na parede (e segurada por eles). Agora são úteis de duas maneiras!



E, no meu quarto, coloquei mais uns (três, para ser mais exata) pendurados nas portas do roupeiro, só que esses são sachês de ervas aromáticas, bordados e lindos! E concluindo, meus quadrinhos que não vieram da África, mas que ficaram tudo de bom e de barato!

Nenhum comentário: