sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Home, sweet home!

 Se alguém tiver o trabalho de olhar a lista de blogs que sigo, vai perceber que vários deles são de decoração. O motivo óbvio é que eu adoro o tema. Talvez algum dia eu até viva disso, vai saber?
Por hora, com meu "saláriozinho-inho", só posso mesmo usar a criatividade e os recursos disponíveis nas lojas de R$1,99.
Até julho deste ano eu morava num cubículo, mudei-me para um apartamento maior e tão luxuoso que tem um corredor!!!
Bom, uma sala, uma cozinha, um quarto, área de serviço, banheiro, tudo bem divido e amplo era tudo que eu queria para inventar moda. Ainda vou modificar umas coisas, aos poucos, mas quero começar a postar algumas das mudanças que fiz por lá.
Enjoy!



Era tudo assim, de um salmão desbotado...
Optei por branco com um verdinho pra destacar algumas paredes. Atenção ao quadro de recados, você pode até reconhecer algo seu por lá! Fiz com uma tela de galinheiro que custou menos de R$ 5,00, a moldura ganhei e, depois comprei pequenos prendedores coloridos numa papelaria. O mérito restante é dos amigos que sempre me dão cartõezinhos e coisinhas bonitinhas. Thank you!




Gente, o banheiro ficou uma graça, branco, iluminado, charmoso com as prateleiras em vidro temperado e com pequenos detalhes em vermelho que ainda vou aprimorar. Depois posto procês

Na frente da pia da cozinha tem uma janela aberta para a área de serviço, onde tratei de pendurar esse móbile fofo que trouxe da última viagem a Belém do Pará. Vocês nem podem imaginar a sensação de calma que sinto quando o vento entra e balança esses sininhos...



 

Trouxe essas peças do Pará, são falsas ceramicas marajuaras já que foram feitas numa cidade perto de Belém e não nas Ilhas Marajó, mas tá valendo por que são bonitas do mesmo jeito. Já em casa, levei para colocar moldura que custou R$ 30,00. Estão na minha cozinha.






Mamãe fez as almofadas. Isso mesmo, não só as capas. Gastei R$ 37,00 no enchimento, de primeira e comprei retalhos de tecido. Mão-de-obra "de grátis" e eis o resultado. Agora estou à caça de uma esteira maior que essa. Se você ver uma, me avise.



Na minha sala faltam duas coisinhas ainda, que já estou providenciando: dois puffs pretos daqueles que você pode se jogar em cima sem medo de ser feliz ou quebrar o pé e uma releitura (é mais bonito que dizer cópia) de um quadro do Romero de Brito, chamado The Hug. Ok, ok, não precisam brigar pra decidir quem vai me dar o que de presente, é só vocês racharem a conta, hehehe.

Detalhe: o hack que a Jô insiste em chamar de nicho foi projetado e "esculpido" pelo meu habilidoso namorado e engenheiro, que também fez outras várias coisas pela casa.

Ahh! Gente...Vai dizer que não é mimosa minha florzinha-peso-de-porta?
Combina com a cor de duas das paredes do quarto que vocês só verão quando os últimos detalhes estiverem prontos ;)

Nenhum comentário: